terça-feira, 11 de abril de 2017

ENCONTRO DOS FORMADORES DA AÇÃO SABERES INDÍGENAS -REDE SUL E EXTREMO SUL DA BAHIA

Por Arissana Pataxó


Nos dias 7 e 8 de abril aconteceu o primeiro encontro da Ação  Saberes Indígenas no Território Tupinambá , no distrito de Olivença  situado a quinze quilômetros ao sul da sede do município de  Ilhéus  na Bahia .







 
Formadores, coordenadores de ação , supervisores e o coordenador ajunto,  todos reunidos para preparação do II módulo de Formação para Orientadores da Ação saberes Indígenas na Escola, que terá como objetivo refletir e discutir os conceitos de numeramento, etnomatemática e as práticas pedagógicas nas escolas indígenas, tendo como referência os saberes de cada comunidade .
 
 
 

Nesta Ação os orientadores de estudo são os multiplicadores dessas discussões e reflexões nas escolas das aldeias dos povos Tupinanbá, Pataxó  e Pataxó Hãhãhãe.


Fotos: Cristiane Tupinambá

terça-feira, 4 de abril de 2017

COMUNICADO

O Coordenador Adjunto Edson Machado informa que:



Nos dias 7 e 8 de abril acontecerá o Encontro dos formadores da Ação Saberes Indígenas na Escola, rede sul e extremo sul da Bahia. O Encontro acontecerá no território Tupinambá de Olivença/Ilhéus e será momento privilegiado de planejamento para a formação continuada dos professores indígenas da região. 



Fiquem atentos às datas



quinta-feira, 30 de março de 2017

I FORMAÇÃO PARA ORIENTADORES SABERES INDÍGENAS 2017

Por Arissana Pataxó


Do dia 02 a 04 de março de 2017, aconteceu no Colégio Estadual Indígena de Coroa Vermelha a primeira formação para orientadores dos povos Pataxó, Pataxó Hãhãhãe e Tupinambá.
Com foco em Alfabetização e Letramento, esse primeiro módulo teve como objetivo uma reflexão sobre os conceitos de alfabetização e letramento no processo de desconstrução e construção de práticas pedagógicas da leitura e escrita.

Através de debates, palestras e muitas leituras foram discutidos conceitos de letramento/alfabetização; interdisciplinaridade; temas geradores, além de reflexões sobre práticas pedagógicas no processo de alfabetização e letramento nas escolas indígenas ; palestras sobre Temas Geradores e Interdisciplinaridade.





Textos que foram discutidos:


  •  “As muitas facetas da alfabetização”, in: SOARES, Magda. Alfabetização e letramento, pág. 13-25, 2013.
  • " Descobrindo e reconhecendo a escrita na fala”, in: FRANCHI, Eglê. Pedagogia do Alfabetizar Letrando: da oralidade à escrita, cap.3, pág. 103 -147, 2012.
  • “Da teoria à prática”, in: SOARES, Maria Inês Bizzotto. Alfabetização Linguistica; da teoria à prática, cap. 3, pag. 72-129, 2010.


sexta-feira, 10 de junho de 2016

II Módulo de Formação com professores alfabetizadores

E as imagens do II  Módulo de Formação para Professores Alfabetizadores da Ação Saberes Indígenas já começam a chegar diretamente da Reserva da Jaqueira. Os orientadores Jussimar e Edenildo Pataxó dos núcleos Coroa Vermelha, Mata Medonha e Reserva da Jaqueira uniram seus grupos para fortalecimento e troca de experiências e tem produzido excelentes resultados. Confiram as imagens do segundo dia de formação:







Trabalho de alunos da Educação Escolar Indígena aplicado pelos professores cursistas da Ação Saberes Indígenas


quinta-feira, 5 de maio de 2016

II Formação com Orientadores


Durante essa semana, de 03 a 07 de maio de 2016 está sendo realizada a formação dos orientadores para o II Módulo do Saberes Indígenas na Escola com foco na seguinte temática: Tema Gerador, Interdisciplinaridade e Hipóteses de Leitura e escrita, tendo como principais pontos na programação:
  • Socialização dos trabalhos sobre Direito de Aprendizagem realizados no último encontro nas aldeias: Pataxó, Tupinambá e Pataxó hãhãhãe.
  • Interdisciplinaridade e temas geradores, com leituras de textos relacionados ao tema e atividades práticas a exemplo da construção da proposta curricular para escolas indígenas nas séries iniciais do ensino fundamental com os temas geradores pensados.
  • Teorias dos processos de aprendizagem baseado na leitura de alguns teóricos (Piaget, Vygotsky, Emilia Ferreiro).
  • Hipóteses silábicas/avaliação através de diagnóstico, com exposição teórica sobre "Psicogênses da Lingua escrita, atividades práticas que envolvem a identificação das hipóteses silábicas através de escrita dos alunos e preenchimento de tabelas/diagnóstico.
  • Aprendizagem da Leitura e da escrita com leituras coletivas, elaboração de atividades baseados na leitura e na experiência de cada professor, socialização das atividades por meio de cartazes e explanação sobre as "atividades de hipóteses"
  • Língua indígena com oficinas da língua Pataxó
  • Diagnóstico sobre material didático
  • Organização do Seminário que será realizado com a presença de todos os participantes do saberes para socialização do material produzido, palestras sobre formação de professor, grupos de trabalhos e oficinas.









Em breve, compartilharemos os resultados da formação 

AWÊRY

sábado, 9 de abril de 2016

I Módulo de Formação 2016

O primeiro módulo de formação Saberes indígenas com o tema:  Letramento e Alfabetização na perspectiva de fortalecimento das práticas socioculturais e identitárias dos povos indígenas foi realizado com sucesso nas aldeias do Extremo Sul da Bahia durante essa semana. A equipe de formação, responsável pela aplicação dos estudos, demonstrou total satisfação com os resultados e expõe a sua alegria em ver os frutos colhidos durante as formações nas diversas aldeias:

Formação em Pé do Monte - Foto: Carla Folegatti
"Não tem sentimento melhor do que o de dever cumprido... Pelo menos daquilo que planejamos! Parabéns a toda equipe Saberes! Em Pé do monte a sensação é DEZ ! Muito Feliz"  

Afirmou o formador conteudista João Rodolfo, ao participar da formação em Pé do Monte (Monte Pascoal/Ba). A orientadora de estudo do local, Dalva Pataxó confirma o sucesso e agradece todos os esforços em prol da formação.

Já que o tema da formação é o fortalecimento de práticas socioculturais, nada melhor do que o  Awê com os participantes para iniciar os trabalhos de todos os encontros. E assim foi realizado. Nesse momento os participantes também se fortalecem espiritualmente para aproveitar da melhor maneira possível todos os ensinamentos proporcionado.
Formação em Coroa Vermelha: Foto Maria Angélica Lyrio
Formação em Pé do Monte - Foto: João Rodolfo

Com relação aos temas abordados nos encontros, foram desenvolvidos ao longo da formação de todas as aldeias, reflexões sobre a Educação Escolar Indígena, planejamento, conceitos de alfabetização e letramento, discussão sobre material didático, identificação de habilidades nos alunos, importância do ensino da língua indígena, e todos os desdobramentos que essas temáticas oferecem.
Prof. Arissana e Orientador Edenildo em Coroa Vermelha - Foto: Jussimar
Todos permeados com dinâmicas, leituras de textos, atividades práticas e intensa participação dos cursistas nas discussões proporcionadas pelos orientadores de estudo que levaram a formação aos professores alfabetizadores, sendo acompanhados integralmente pelos Coordenadores de Ação, além de terem a presença de pesquisadores e conteudistas, o que enriqueceu o processo.

Prof. João Rodolfo e Orientador Edimarcos em Boca da Mata. Foto: Carla Folegatti















Destacamos outro ponto chave do encontro que foi a leitura e análise das Diretrizes para as Escolas Indígenas, de fundamental importância para todos os professores indígenas.
Importante salientar também que durante a abordagem sobre o Ensino da Língua Indígena na Escola, os professores tiveram a oportunidade de participar de uma oficina da língua Patxôhã. 
Segue abaixo o registro fotográfico dos encontros que aconteceram concomitantemente nas aldeias:

Barra Velha - Orientadora Raimunda Pataxó - Coord. de Ação Ademário Braz




Escola Indígena Barra Velha - Foto: Kamasary Pataxó






Pé do Monte e Boca da Mata - Orientadores: Dalva Santana e Edmarcos Ponçada - Coord. de Ação Carla Folegatti

 



Núcleo Santa Cruz Cabrália - Orientadores: Jussimar Guedes e Edenildo Lopes - Coord. de Ação: Maria Angélica










Núcleo Cumuruxatiba - Orientador: Voltair (Awoy) - Coord. de Ação: Ademário Kamasary
Formação na Aldeia Kahy





Até a próxima formação...
AWERY!!!